Como manter seu emprego protestando.

Guilherme Alf

Os ânimos estão mais acirrados do que nunca perante o caos politico e moral que o Brasil atravessa. Diante de todos os fatos, ficar em cima do muro não parece mais ser uma opção. Os fatos mudam todos os dias e a polarização entre grupos políticos está evoluindo para uma cruzada mais complexa. É o time do Juiz Moro, acompanhado da Policia Federal e aclamado por boa parte do povo, contra o sistema politico do poder. Há uns dias atrás bastava ser a favor ou contra quem está no poder, mas a cada dia fica mais claro que o sistema todo está contaminado (grande novidade!).

A questão é: como se posicionar, dar sua opinião, exercer sua cidadania mas não deixar que isso prejudique a sua imagem pessoal? Aqui vão algumas dicas básicas para você não se deixar levar pela emoção do momento.

A Presidente ainda é a autoridade máxima do Brasil.

Ter respeito com o cargo não significa que você concorda e apoia. Não chame a autoridade máxima do seu país de puta, vaca ou anta. Segure a onda e mostre que você tem respeito.

Isso não é brincadeira, não desça para o play.

Cada vez que você usar o termo coxinha ou petralha você está levando a conversa para um contexto infantil. O momento é sério e “acusar” ou tentar “denegrir” alguém usando este tipo de expressão parece briga de criança mimada.

Até o momento ainda temos o direito de ir e vir no Brasil.  

É natural que cada um reaja de uma maneira, afinal de contas somos todos diferentes. Desça do altar e pare de julgar quem não foi para as ruas. Quando voltar para casa, não aponte o dedo para quem decidiu não ir.

Leia muito, cheque fontes, crie embasamento e mesmo assim…

não crie teses em todos os âmbitos. Dar sua opinião é uma coisa, defender sua tese é outra. Embora a grande maioria das pessoas seja rasa, alguém mais preparado pode rapidamente comprovar que você está falando besteira.

Tá em dúvida se vai dar errado? Não faça!

Se você tem dúvida se um post seu pode ser mal interpretado, descontextualizado ou se você tá escrevendo ele no calor do momento, NÃO FAÇA. Em momentos assim é melhor praticar a máxima de que “menos é mais”.

Todo mundo tem opinião sobre tudo, mas nem toda opinião é fato!

As redes estão inundadas com opiniões, desde as mais moderadas até as mais fortes. Mas nem toda opinião é um fato! Você pode querer que A vá para a cadeia, mas uma ação ou decisão imprudente ou ilegal não pode ser justificada para que isso aconteça. Pondere o que é dito nas redes e compartilhe apenas fatos concretos.

Cuida da sua imagem ou você vai acabar sendo investigado pelosMoros da rede social e isso pode custar bem caro.

Fábio Bento
fabiobento@live. com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s